OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 98876-8488 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,432 Arapiraca, AL 26ºC Tempo nublado
Notícias
18/05/2024 09:50
Mundo

Irmãos roubam R$ 128 milhões em criptomoedas e são presos

Dois irmãos norte-americanos foram presos por roubarem mais de R$ 128 milhões em criptomoedas Ethereum
O roubo durou 12 segundos / Foto: Pexels/Sora Shimazaki/ Canaltech
Redação com Terra

Dois irmãos moradores de Nova York foram presos nos Estados Unidos pelo roubo de US$ 25 milhões (cerca de R$ 128 milhões em conversão direta) em criptomoedas Ethereum. O crime ocorreu em abril do ano passado e durou cerca de 12 segundos, mas a polícia estadunidense prendeu a dupla apenas nesta semana.

Roubo inédito

Os acusados se chamam Anton Peraire-Bueno e James Pepaire-Bueno, de 24 e 28 anos respectivamente. Segundo a publicação do Departamento de Justiça dos EUA, eles "cometeram uma manipulação inédita do blockchain Ethereum, obtendo acesso fraudulento a transações pendentes, alterando o movimento da moeda eletrônica e, por fim, roubando o valor em criptomoedas das vítimas".

No entanto, para encontrar os criminosos, tudo o que a polícia precisou fazer foi seguir o dinheiro, como destacou o Agente Especial Thomas Fattorusso.

 

"Neste caso, a Unidade Cibernética de Nova Iorque simplesmente seguiu o dinheiro", apontou o oficial. "Independentemente da complexidade do caso, continuamos a liderar os esforços em investigações criminais financeiras com tecnologia de ponta e trabalho investigativo de boa qualidade, dentro e fora da blockchain", concluiu.

Os irmãos Bueno (mas também podiam se chamar "Irmãos Metralha") foram formalmente acusados de conspiração, fraude eletrônica e lavagem de dinheiro. Se condenados, cada um pode receber pena de 20 anos de prisão por cada crime — ou seja, 60 anos no máximo.

Planejamento durou meses

Ainda de acordo com o relatório publicado na página do Departamento de Justiça estadunidense, a dupla estudou matemática e ciência da computação em universidades de prestígio do país. Assim, ambos usaram o que aprenderam e o conhecimento em criptomoedas para planejar o crime.

 

Ao que tudo indica, a preparação levou meses, pois enquanto estudavam os comportamentos comerciais das vítimas, os irmãos Bueno também tomaram várias medidas para esconder suas identidades e estabelecer as bases para ocultar os rendimentos roubados. Algumas delas foram através da criação de empresas de fachada e do uso de vários endereços privados de criptomoedas.

Porém, toda a jornada acabou na noite do dia 15 de maio, quando Anton Peraire-Bueno foi preso em Boston e James Pepaire-Bueno em Nova York.

Quer entender mais sobre o que os irmãos roubaram? Então conheça as diferenças entre criptomoedas e moeda digital. 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Mundo
KTO
KTO