OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 98876-8488 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,204 Arapiraca, AL 22ºC Tempo nublado
Notícias
30/03/2024 11:03
Saúde

Baleado em sequestro de ônibus no Rio deixa CTI e interage em hospital

As informações constam em um boletim médico atualizado na tarde desta sexta-feira (29) pelo Hospital Samaritano Botafogo
Redação co Folhapress / Foto: Reprodução / TV Globo
Redação com TNH1

O passageiro baleado durante o sequestro a um ônibus na Rodoviária do Rio de Janeiro, no dia 12 de março, recebeu alta do CTI (Centro de Terapia Intensiva) na terça-feira (26) e interage com profissionais de assistência no hospital em que está internado. O quadro de saúde de Bruno Lima da Costa Soares, 34, é considerado estável.

As informações constam em um boletim médico atualizado na tarde desta sexta-feira (29) pelo Hospital Samaritano Botafogo, na zona sul do Rio, para onde o paciente foi levado.

Após deixar o CTI, Soares seguiu para a unidade semi-intensiva do hospital. Conforme informações disponíveis no site da instituição, o espaço recebe pacientes que ainda precisam de monitorização contínua.

Funcionário da Petrobras, Soares foi atingido por três tiros ao subir no ônibus para viajar a Juiz de Fora (a cerca de 260 km de Belo Horizonte), em Minas Gerais.

De acordo com a polícia, o atirador estava fugindo do Comando Vermelho e fez os disparos após confundir o petroleiro com um policial. Ao todo, 16 passageiros foram feitos reféns por cerca de três horas até a rendição de Paulo Sérgio de Lima, 29. Ele foi preso.

No dia do sequestro, Soares foi levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio, onde passou por cirurgia delicada, segundo a direção da unidade, necessitando de doação de sangue. Somente na primeira hora de atendimento foram necessárias seis bolsas de sangue.

Na ocasião, o Sindipetro-RJ (Sindicato dos Petroleiros do Rio de Janeiro) chegou a solicitar à categoria doações em nome do profissional. O pedido também foi feito pelo secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz.

Depois, o paciente foi transferido para o Instituto Nacional de Cardiologia e, por fim, para o Hospital Samaritano Botafogo. Além de Soares, outra pessoa foi ferida por estilhaços durante o sequestro, mas sem gravidade. 


winz.io
winz.io
Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Saúde
KTO
KTO