OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,424 Arapiraca, AL 19ºC Tempo nublado

Editorias

01/07/2020 15:07
Arapiraca
HEA atendeu 174 pacientes vítimas de covid-19 no mês de junho; 112 foram curados
O relatório foi divulgado na tarde desta quarta-feira (1º de julho), pela coordenação da ALA Covid-19 da maior unidade hospitalar do interior do Estado
/ Foto: Davi Salsa - HEA
Redação com assessoria

A direção do Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, divulgou nesta quarta-feira (1º), relatório de atendimentos realizados durante todo o mês de junho a pacientes infectados pelo novo Coronavírus (Covid-19).

A unidade hospitalar faz parte da rede de assistência montada pelo Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), para o enfrentado da pandemia em toda a Região Agreste.

De acordo com o levantamento, do dia 1º até 30 de junho, o HE do Agreste recebeu 174 pacientes com a doença. Desse total, 112 pessoas receberam alta médica e os demais casos foram de óbitos registrados e de pacientes que ainda continuam internados.

A estrutura montada segue os padrões recomendados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Ministério da Saúde, com 50 leitos clínicos de enfermaria e 16 de Unidade de Terapia Intensiva.

Equipes multiprofissionais, formadas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e assistentes sociais trabalham no local.
A gerente-geral do HE do Agreste, Bárbara Albuquerque, revela que, nesta quarta-feira (dia 1º), o hospital está com uma taxa de ocupação de 81%.
Dos 50 leitos clínicos, 39 estão ocupados, enquanto 14 dos 16 leitos de UTI seguem com pacientes em tratamento da Covid-19.

Vida e emoção

Dentre os pacientes recuperados da doença, o condutor Antônio Amaro de Moura, de 47 anos, que reside na cidade de Igaci, passou nove dias internado e recebeu alta médica na segunda-feira (29).

O coordenador da Ala Covid-19, enfermeiro Andervan Leão, diz que a equipe do hospital se emociona toda vez que um paciente recebe alta médica. "A gente grita e chora ao mesmo tempo ao lado dos pacientes e familiares. É muita emoção”, acrescenta.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Arapiraca