OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8808-7803 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,330 Arapiraca, AL 19ºC Tempo nublado

Notícias

23/05/2022 19:46
Economia
Procon/AL divulga pesquisa de preços de produtos para o Dia dos Namorados
Levantamento tem como objetivo ajudar os consumidores na hora de comprar o presente com os melhores preços
/ Foto: Reprodução
Redação com Assessoria

Com a proximidade do Dia dos Namorados, comemorado em 12 de junho, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor de Alagoas (Procon/AL) realizou uma pesquisa de preços dos itens mais procurados, nos principais shoppings e lojas do centro de Maceió, entre os dias 17 e 18 deste mês, com o intuito de ajudar os consumidores na hora de escolher o melhor presente a um preço que caiba no bolso.

Os valores dos artigos de perfumaria nacional variam de R$ 74,90 a R$ 273,90, os internacionais custam em média de R$ 259,90, podendo chegar a R$ 559,90, uma diferença de mais de 100%, em relação aos preços do ano passado. Já as peças de vestuário variam de R$ 29,99 a R$ 648,00.

“A pesquisa deu ênfase aos produtos mais procurados nesta época, como roupas, calçados, acessórios, bolsas e cosméticos, além de eletrônicos, como os aparelhos celulares. Verificamos principalmente a qualidade dos produtos, se as informações estão claras e de acordo com as normas estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor”, explica a fiscal Adelaide Fernandes.

Os fiscais do órgão também verificaram, durante o levantamento de preços, se havia alguma irregularidade que pudesse ser considerada como prática abusiva, já que em datas comemorativas é comum observar aumentos de preços e falta de informação por parte dos estabelecimentos, que acabam induzindo os consumidores ao erro.

“É muito importante o trabalho realizado pelos fiscais, principalmente em datas comerciais, período em que as ocorrências relacionadas à má prestação de serviços e práticas abusivas são mais frequentes. Além de levar ao conhecimento do consumidor uma lista de preços com os mais variados produtos, realizamos uma ação preventiva, evitando possíveis descumprimentos ao Código de Defesa do Consumidor”, diz o diretor-presidente do Procon-AL, Daniel Sampaio.

Orientamos os consumidores para que façam uma pesquisa prévia, verifiquem a qualidade do produto, informem-se sobre a política de troca do estabelecimento e sempre peçam a nota fiscal da mercadoria, pois apenas de posse deste documento o mesmo pode comprovar a aquisição do produto, evitando problemas futuros, caso tenha a necessidade de troca dele.

De acordo com João Lessa, coordenador de Fiscalizações, durante esse período onde o mercado tem uma maior demanda, é importante que a população tenha ciência dos seus direitos. “Os consumidores devem exigir a nota fiscal e o prazo de garantia por escrito, além de prestar atenção aos prazos de troca e devolução", exclamou João Lessa.

Vale lembrar que o Procon-AL dispõe de canais para atender a população alagoana, receber reclamações e realizar denúncias. Caso haja alguma ocorrência, o consumidor pode entrar em contato através de ligações ao 151, mensagens pelo WhatsApp (82) 98876-8297 e de forma presencial, mediante agendamento, através do site agendamento.seplag.al.gov.br.

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Economia