OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,950 Arapiraca, 27ºC Ensolarado com muitas nuvens

Cotidiano / Davi Salsa

Quem é Davi Salsa? Graduado em Comunicação Social pela UFAL e bacharel em Letras pela UNEAL. Ganhador dos prêmios, Banco do Brasil de Jornalismo em 2002 e Prêmio Mário Pedrosa de Jornalismo em 2009. Hoje é assessor de comunicação na cidade Arapiraca.
15/08/2018 07:09:05
Vereadores de Arapiraca aprovam licença paternidade para 20 dias
/ Foto: Assessoria

 A Câmara Municipal de Arapiraca realizou, na noite desta terça-feira (14), sua primeira sessão ordinária da semana, com os trabalhos dirigidos pela presidente, a Professora Graça (PDT).

Foi aprovado, na sessão, o projeto de lei da vereadora Aurélia Fernandes (PSB) que altera a lei municipal da licença paternidade dos servidores municipais.
O prazo foi prorrogando de cinco para vinte dias.

A vereadora Aurélia Fernandes considerou a votação histórica, ao afirmar que Arapiraca é o único município no estado de Alagoas a prorrogar a licença paternidade.

A documento agora segue para o prefeito Rogério Teófilo (PSDB) vetar ou sancionar a lei para atender os servidores público no município.

Cobranças

Também na sessão desta terça-feira, o vereador Fabiano Leão (MDB) cobrou da administração municipal a construção de um ponto de parada de ônibus na AL-110, próximo ao acesso do Povoado Poção.

Leão disse estar surpreso com a retirada do ponto de parada de ônibus, que teria sido colocado em outra comunidade.

O vereador disse que o superintendente da SMTT não sabe o que está fazendo no cargo, afirmando que o superintendente sabe mesmo é colocar os agentes nas ruas para multar os motoristas. Fabiano Leão disse que, na próxima semana, vai entrar com um requerimento cobrando da SMTT maiores explicações para esse problema.

Por sua vez, o vereador Willomaks da Saúde (PRP), ao discutir a indicação do vereador Fabiano Leão, também criticou o órgão, afirmando que a SMTT é uma autarquia que mais arrecada impostos no município, mas dá pouco retorno e concluiu afirmando que o superintendente, se não está dando conta do trabalho, peça para sair do cargo.

Mais críticas

A insatisfação com o trabalho do superintendente foi seguida pelo vereador Jario Barros (PRP).

Ele disse que o órgão arrecada muito e não está cumprindo seu papel. Barros defendeu a a presença do superintendente da SMTT em uma das sessões do Legislativo, inclusive com planilhas para explicando como funciona a arrecadação no órgão.

O vereador Fábio Henrique (PC do B) também foi outro a falar sobre o assunto. Ele lembrou que, como uma autarquia, a SMTT poderia trazer documentos em forma de extrato para saber o quanto tem em conta.

O vereador Léo Saturnino (MDB) afirmou que este impasse entre as secretarias, que segundo ele não se entendem, está trazendo sérios prejuízos para a população.

Ele lembrou que o ponto já existia há quase 20 anos e foi levado para outra comunidade. “Não que essa comunidade não mereça, mas também a comunidade solicitada pelo vereador Fabiano Leão também merecia uma atenção especial”, salientou.

Leó Saturnino disse esperar que esta situação seja revista, para que as comunidades possam outra vez serem atendidas.


Link da página:
O portal Diário Arapiraca não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Davi Salsa