OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,337 Arapiraca, 27ºC Parcialmente nublado

Notícias

12/10/2017 08:21
Alagoas
Instalação da Duratex pode transformar AL no maior polo moveleiro do Nordeste
Governador assinou decreto que concede incentivos à empresa; investimento será de R$ 1,1 bilhão
/ Foto: Agência Alagoas
Agência Alagoas

 A diversificação das cadeias produtivas em Alagoas está mais perto de ser consolidada. Na tarde desta quarta-feira (11), o governador Renan Filho assinou, no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, o decreto que concede incentivos para instalação da gigante Duratex no Estado, que conta com um investimento de R$1,1 bilhão e geração de 460 empregos diretos.

Renan Filho acredita que, com a instalação da Duratex em Alagoas, o Estado pode se transformar, em breve, no maior polo moveleiro do Nordeste.

“Esse investimento vai estruturar a cadeia produtiva do móvel em nosso Estado. Alagoas está avançando muito no plantio do eucalipto e, agora, terá uma indústria para beneficiar a produção. Com isso, teremos muitas possibilidades de, produzindo as chapas de MDF e MDP, atrair uma série de outras indústrias que utilizarão as chapas produzidas aqui na fabricação de móveis, absorvendo mão de obra e ajudando Alagoas a se desenvolver economicamente”, disse Renan Filho.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima, afirmou que a implantação de uma indústria de base em Alagoas, a exemplo da Duratex, estabelece um vetor econômico para o Estado. “Significa a abertura de portas para a consolidação de uma nova cadeia produtiva que promove grande geração de emprego e renda", avaliou.

Formalizada por meio de um trabalho de prospecção realizado pelo Governo do Estado, a vinda da Duratex para Alagoas contou com incentivos previstos dentro do Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin). Para garantir a atração de mais empresas, o Governo do Estado executou a reformulação do programa, tornando-o, desde 2016, o melhor incentivo fiscal do Nordeste.

“Modernizamos a legislação do Prodesin e, com isso, tivemos a redução da burocracia e, ao mesmo tempo, a ampliação do incentivo; a redução da carga tributária”, afirmou Renan Filho.

Com a atualização, na prática, o Prodesin passou a garantir para as empresas uma isenção de 92% de ICMS em todo o território alagoano. Nos demais estados do Nordeste, o cenário é menos atrativo. Pernambuco, por exemplo, oferece benefício fiscal de 75% para a região metropolitana e 95% apenas para o Sertão.

“A nossa política de incentivos estimula empresários a virem para Alagoas fazer aqui os seus investimentos e a Duratex é mais um exemplo disso. Mas, já inauguramos a Portobello, que é uma indústria de pisos; a E-paletes, empresa para o transporte de cargas; uma fábrica de cimentos; a ZTT, que é uma indústria chinesa de fibra ótica, e inauguramos a ampliação de várias fábricas da Cadeia Produtiva da Química e do Plástico”, recordou Renan Filho.

A Duratex, que se uniu em Alagoas à Usina Caeté, em 2014, já tem 6 mil hectares de eucalipto plantados no Estado e deverá instalar sua unidade fabril para produção de painéis em MDF e MDP em 2019. Em seu pleno funcionamento, a unidade terá capacidade de produção de até 400 mil m³.

“Hoje, já temos geração de emprego na área florestal. Trata-se de uma geração complementar à industria da cana-de-açúcar. O trabalhador opera na cultura da cana durante um período e continua a operar no ciclo do eucalipto. Quando nós tivermos as árvores maduras e o projeto florestal cumprido, aí sim vai haver a geração de empregos na indústria, na construção da unidade e depois na manutenção da mesma”, explicou o diretor da Duratex, José Ricardo Ferraz, presente à solenidade.

De acordo com ele, as placas de MDF e MDP e os produtos revestidos produzidos pela Duratex vão atender aos mercados regional do Nordeste brasileiro e internacional, abastecendo a unidade da empresa instalada na Colômbia e outros países andinos.

Prestigiaram, ainda, a solenidade o presidente da Cooperativa Pindorama, Klécio Santos; da Federação da Agricultura e Pecuária no Estado de Alagoas (Faeal), Álvaro Almeida; do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Alagoas, Kiko Gatto; da Fecomércio, Wilton Malta; o superintendente do Sebrae/AL, Marcos Vieira; a vice-presidente do Sindicato dos Móveis, Siomara Miranda; e da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), José Nogueira Filho; o gerente de Marketing e Relações Institucionais da Braskem, Milton Pradines, dentre outras personalidades.

Fonte: Agência Alagoas


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Alagoas