OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,750 Arapiraca, 26ºC Estrelado

Notícias

26/06/2019 07:58
Brasil
Namoradas torturam e matam garota por causa de ciúmes, divulgam vídeo e são apreendidas
Segundo a Polícia Civil, vítima foi esfaqueada e agredida no mar por outras jovens, ambas de 15 anos
Adolescentes filmaram tortura a menor em Paulista, no Grande Recife / Foto: Reprodução/WhatsApp
Laís Pita com G1 Pernambuco

 Duas adolescentes foram apreendidas pela Polícia Civil, nessa terça-feira (25), por terem torturado e matado uma garota de 14 anos, na Praia de Maria Farinha, em Paulista, no Grande Recife. As jovens, que têm 15 anos, segundo a Polícia Civil, registraram as agressões com o celular e publicaram as imagens nas redes sociais. O crime foi motivado por ciúmes. Em um trecho do vídeo compartilhado, que tem mais de 8 minutos, é possível ver uma delas dizendo: "para você aprender a nunca mais ficar com homem casado". 

As duas garotas, segundo a polícia, agrediram a vítima com socos e pontapés, deram golpes de faca e tentam afogá-la no mar. O delegado Augusto Cunha afirmou que a vítima é ex-namorada de uma das garotas, a que filmou a agressão e que em determinado momento, mostrando a adolescente, diz "a cara da puta". A vítima desesperada pede "me deixa" e a que filma responde "tu vai ficar por aqui". 

"A outra, que aparece no vídeo praticando a maioria das agressões, seria atual da outra agressora. Essas informações são preliminares”, diz o policial, que fez a primeira investigação no local do crime.

Nas imagens divulgadas pela internet, é possível ver a vítima sendo espancada. A garota está vestida com roupas da Rede Municipal de Ensino de Recife. A blusa dela está ensanguentada, por causa das agressões sofridas.

As adolescentes foram levadas à Delegacia de Maria Farinha, onde foram ouvidas pelo delegado Álvaro Muniz. O caso, segundo a polícia, ocorreu pela manhã e as duas garotas foram apreendidas durante a tarde. As duas garotas foram autuadas em flagrante por ato infracional equiparado a homicídio.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Brasil