12/07/2019 10:04:41
Arapiraca
IML Arapiraca atesta que mulher não ingeriu veneno; laudo confirma morte clínica
Sebastiana tomava remédios controlados e o fato de querer morar com a sua irmã em outra cidade estaria lhe incomodando
Clevânio Henrique Ela foi encontrada morta pelo filho na casa que a família mora
Laís Pita

 Sebastiana de Lourdes Silva Anacleto, 59 anos, não morreu após ingerir veneno. Pelo menos é o que afirma o Instituto Médico Legal de Arapiraca após corpo da vítima passar por necropsia. 

O laudo foi divulgado na tarde dessa quinta-feira (11). A mulher foi encontrada morta na quarta-feira (10) pelo filho.

De acordo com o IML, a causa da morte é clínica.

Caso a família tenha interesse em saber mais detalhes, deve solicitar que o corpo seja levado para Maceió, pois só lá existe o Serviço de Verificação de Óbito.

Em 99% das situações, os parentes não pedem e o corpo é liberado para sepultamento.

De acordo com informações de conhecidos, Sebastiana tomava remédios controlados e o fato de querer morar com a sua irmã em uma outra cidade do interior alagoano estaria lhe incomodando. 

E-mail: redacao@diarioarapiraca.com.br
Telefone: (82) 9-9672-7222

©2019 - Diário Arapiraca | Portal de Notícias. Todos os direitos reservados.